Alguma vez você já ouviu falar sobre negócios de impacto? Embora muita gente os confunda com as ONGs (Organizações Não Governamentais), esse modelo comercial não envolve filantropia, mas sim uma missão socioambiental.

Falando assim, o assunto até pode parecer muito difícil de entender, mas não se preocupe. Neste artigo explicaremos o conceito de negócios de impacto e ainda mostraremos como incorporá-lo na sua empresa. Confira!

O que são negócios de impacto social?

Se você ainda não entende muito bem a ideia de negócio de impacto e como ele funciona é porque esse ainda é um conceito recente entre os empreendedores brasileiros. Embora o nome insinue, o modelo não tem ligação com fazer doações a entidades beneficentes, por exemplo.

Na verdade, esse é um empreendimento com uma missão explícita de feito socioambiental ou econômico. Entretanto, esse compromisso firmado pela corporação não a descaracteriza como empresa.

Mesmo estando envolvido com a sociedade — principalmente as camadas de baixa renda — e com o meio ambiente, um negócio desse tipo não deixa de ser uma empresa que vislumbra o lucro e o crescimento corporativo.

É, principalmente, seu lado financeiro que diferencia um negócio de impacto de uma ONG, por exemplo. Embora também tenham uma missão social, as ONGs sobrevivem de doações e trabalho colaborativo, em sua maioria.

Esses empreendimentos são capazes de se autogerir e sustentar a partir de um produto ou serviço que é vendido, de fato. Para isso, questões mercadológicas e exigências de colaboradores e clientes são considerados — exatamente como em uma corporação tradicional.

Quais suas principais características?

Além das características já mencionadas, tal forma de empreendimento possui outros atributos particulares. A primeira é o compromisso em melhorar a qualidade de vida das pessoas por meio de um produto ou serviço.

Por isso, o efeito desejado deve estar muito claro na missão da empresa, de modo que, quando as pessoas pensarem no seu negócio, precisam rapidamente lembrar da causa pela qual você trabalha.

Para se certificar que o resultado esperado está sendo alcançado, é preciso mensurar e avaliar de perto e periodicamente os impactos obtidos. Essa é a outra forte característica dos negócios desse modelo.

Outro ponto crucial é a possibilidade que o empreendimento tem de gerar receita própria, de forma que não precise exclusivamente de ajuda externa — já que não é essa a finalidade — levando em conta, ainda, todos os interesses de seus stakeholders.

Legalmente falando, os negócios de impacto podem ter formatos distintos, como:

  • empresas;
  • fundações;
  • associações;
  • cooperativas.

Além disso, eles podem assumir um compromisso com diversas áreas: educação, sustentabilidade, direitos das mulheres são alguns exemplos.

Como adotar o modelo no e-commerce?

Se você deseja ter uma empresa comprometido com as causas socioambientais e financeiras, além de garantir todos os tópicos já citados, também precisa preparar a gestão da companhia.

Nesse sentido, cuidar da saúde financeira do seu e-commerce é essencial para garantir o equilíbrio entre contas e a produção de renda própria. Também é importante ter uma governança — e funcionários — alinhados à missão do negócio, já que todos precisam acreditar e defender a causa.

Além disso, é importante ter responsabilidade social e ambiental ainda no âmbito de logística da loja. Por exemplo: se você montar um e-commerce que vende produtos sustentáveis como copos e canudos reutilizáveis e fizer as entregas por meio de caminhões super poluentes, não terá uma prática muito alinhada com seu propósito, não é verdade?

Para se ter ideia, uma pesquisa realizada pelo Instituto de Física (IF) da USP mostra que os veículos a diesel são responsáveis, sozinhos, por metade da poluição do ar de grandes metrópoles, como São Paulo, graças à emissão de CO2.

Por isso, sempre que possível, é imprescindível tornar sustentável todos os procedimentos do e-commerce. No exemplo acima, uma alternativa é adotar entregas feitas por bikes que, além de ecológicas, ainda são mais econômicas.

No geral, os negócios de impacto se mostram como uma nova tendência de mercado, em que os interesses da empresa e os da sociedade são conciliados. Se você pretende implementar no seu e-commerce, não esqueça de ter uma missão, cuidar da parte financeira e garantir que todos os funcionários estejam engajados. Por fim, tenha responsabilidade ecológica, sempre!

O que você achou deste artigo? Faça um comentário neste post e compartilhe sua opinião conosco!


What’s a Rich Text element?

The rich text element allows you to create and format headings, paragraphs, blockquotes, images, and video all in one place instead of having to add and format them individually. Just double-click and easily create content.

Static and dynamic content editing

A rich text element can be used with static or dynamic content. For static content, just drop it into any page and begin editing. For dynamic content, add a rich text field to any collection and then connect a rich text element to that field in the settings panel. Voila!

How to customize formatting for each rich text

Headings, paragraphs, blockquotes, figures, images, and figure captions can all be styled after a class is added to the rich text element using the "When inside of" nested selector system.

This is some text inside of a div block.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Suspendisse varius enim in eros elementum tristique. Duis cursus, mi quis viverra ornare, eros dolor interdum nulla, ut commodo diam libero vitae erat. Aenean faucibus nibh et justo cursus id rutrum lorem imperdiet. Nunc ut sem vitae risus tristique posuere.

See All Works